noticias

Eduardo Cunha e esposa esconderam fortuna em conta no exterior e têm carro de luxo

Após a comprovação de que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) mantinha contas na Suíça, informações da Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) apontam que o parlamentar e sua mulher, Cláudia Cruz, movimentaram milhões no exterior e ainda têm uma frota de carros à disposição no Rio de Janeiro, incluindo um veículo de luxo, no valor de R$ 1 milhão. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o Ministério Público Federal (MPF) informou que o peemedebista abriu a conta nos anos 1990, após análise de risco que apontava patrimônio de US$ 16 milhões (R$ 62 milhões) na época.

As empresas do casal (Jesus.com e C3 Produções) têm oito carros registrados no valor de R$ 18 mil a R$ 430 mil (um Porsche Cayenne 2013). Para abrir conta na Suíça, Cláudia informou que era dona de casa. A evolução do patrimônio do deputado e da esposa é um dos indícios que justificam a investigação por corrupção e lavagem do dinheiro originário de recursos desviados da Petrobras. O STF autorizou a abertura de inquérito, que inclui também uma das filhas do deputado, que é dependente de uma das contas da Suíça.

“Há indícios suficientes de que as contas do exterior mencionadas, ao menos em relação a Eduardo Cunha, e de que são produto de crime”, disse o procurador-geral interino, Eugênio Aragão, em parecer para justificar a abertura do inquérito. De acordo com Aragão, a análise de risco e perfil no banco Merril Lynch, nos EUA, indicam que Cunha tem perfil agressivo há mais de 20 anos. “Sua fortuna seria oriunda de aplicações no mercado financeiro local e do investimento no mercado imobiliário carioca. Há também referências à sua antiga função de presidente da Telerj. Seu patrimônio estimado à época da abertura da conta, era de aproximadamente US$ 16 milhões”, diz o documento.

About Tv News SAJ

Tecnologia do Blogger.