noticias

Bandidos explodem agência da Caixa Econômica no segundo ataque em menos de 1 ano

Uma agência da Caixa Econômica Federal foi explodida na madrugada desta terça-feira (11) no bairro de Campinas do Pirajá, em Salvador. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 3h, na agência localizada na Rua Estrada de Campinas, ao lado do supermercado Todo Dia. 
 Após a ação, uma guarnição da Polícia Militar foi encaminhada ao local e isolou a área. Uma equipe da Polícia Federal está na agência, realizando a perícia. Em nota, a Polícia Militar informou que a informação inicial é que a quantia não foi subtraída. Já a PF não soube informar se o grupo conseguiu levar o dinheiro. 
O vigilante da agência informou que a explosão abalou a estrutura da garagem: "Os pilares da garagem estão rachados, abalou a estrutura", constatou.  Essa é a segunda vez apenas esse ano que a agência é explodida. Segundo uma comerciante da região, que preferiu não se identificar, houve ainda uma terceira tentativa.
 "Essa é a terceira vez já. Há seis meses explodiram ela e há três meses tentaram explodir. Eu realmente não sei o porquê, mas que é o alvo preferido, é", disse a comerciante ao CORREIO. A PF informou que os bandidos costumam usar dinamites nesse tipo de ação. "Acredito que a preferência [por essa agência] se deva às várias rotas de evacuação, como o acesso direto à BR, por exemplo", opinou um agente da Polícia Federal.
 Ainda não há informações sobre a autoria ou quantidade de indivíduos que participaram da ação. Entretanto, a agência possui câmeras de segurança que podem levar aos autores do crime.
 De acordo com o Sindicato dos Bancários, de 7 de janeiro a 8 de outubro já foram 71 caixas explodidos na Bahia. No início do mês, um levantamento divulgado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) apontou uma redução de 63% na explosão de caixas eletrônicos se comparados os meses entre janeiro a setembro dos anos de 2016 e 2015.  
 Transtorno
A dona de casa Jussara Silva, 52 anos, foi hoje na agência para desbloquear a senha do benefício do Bolsa Família e se deparou com o local isolado. "Absurdo, esse tempo todo o banco em greve, não vim ontem para evitar filas e agora me deparo com isso. A gente não tem mais nenhuma segurança mesmo. Um transtorno" disse ela, que agora vai precisar se deslocar para a agência da Caixa de Porto Seco.
 As agências da Caixa Econômica Federal abriram ontem (10) e hoje (11) uma hora mais cedo, às 9h, após 32 dias de greve dos bancários. A greve terminou depois que os bancários e os bancos firmaram acordo válido por dois anos, que prevê reajuste de 8% no salário em 2016, mais abono de R$ 3,5 mil.  

About Tv News SAJ

Tecnologia do Blogger.