noticias

SAJ: Secretária de Saúde explica situação da saúde no município, “Não podemos fazer milagres, precisamos de apoio”

67523
A secretária de saúde, Laurijane Mercês, participou de uma sabatina na Câmara de Vereadores na noite desta segunda-feira (21) em Santo Antônio de Jesus. Com objetivo de esclarecer a atual situação da saúde no município, a secretária falou que está ciente dos problemas e que está buscando sanar. “A gente tem problemas de financiamento, mas temos repasse do governo federal, agora a gente recebeu do mês de outubro, não sabe se até o mês de dezembro vamos receber a competência de dezembro. Então, todos os municípios, não só Santo Antônio de Jesus, vem buscando algumas reduções de serviços para conseguir honrar e cumprir a lei complementar 101 de responsabilidade fiscal. A gente tem essa preocupação”, explicou.  De acordo com ela, foram feitas algumas denúncias acerca do edital do processo seletivo e numa reunião com o Ministério Público (MP), foi possível discutir o método para conseguir dar continuidade aos serviços de saúde. “Houve esse acordo com o MP e a contratação de alguns profissionais. A maioria dos médicos e enfermeiros já está nas unidades de saúde, a equipe mínima do CAPS também estão atuando. Nem todos os profissionais concluíram o processo de contratação e a gente tem essa exigência, por esse motivo tem alguns setores que não tem a totalidade dos profissionais que foi acordado com o MP”, pontuou.
Falta de transporte:
A secretária disse que realmente houve a suspensão no serviço do transporte, mas tanto a prefeitura como a Secretaria de Saúde não estavam cientes. “A empresa que presta serviço fez a suspensão e não comunicou a prefeitura e nem a Secretaria de Saúde, só depois da conversa que tivemos no MP que a empresa retornou as atividades. Alegaram débitos, mas legalmente não tinham débito superior que provocasse a suspensão. A empresa entendeu isso e retornou com o serviço também na zona rural”, salientou. Ela ainda ressaltou a responsabilidade que um gestor na área da saúde tem. “A gente enquanto gestor se sente um pouco impotente, principalmente de saúde. A gente ver realmente a necessidade de maiores investimentos na área de saúde. Não podemos ter uma tabela SUS há 10 anos sem alteração, o financiamento é de extrema importância”, destacou.
Dados do e-SUS sem lançar há 1 ano:
Após diversas denúncias dos servidores acerca do lançamento dos dados do e-SUS para o Ministério de Saúde, a secretária explicou que a maioria dos dados foram digitados, mas devido a algumas pendências, retornam para  a secretaria fazer novas atualizações do cadastro. “É um sistema novo que exige fichas de cadastramento. É difícil porque é uma coisa nova, não só em Santo Antônio de Jesus que passa por essa dificuldade de cadastramento. A gente lança no sistema que é integralizado com outros órgãos estaduais e federais”, disse. Na oportunidade, ela comentou que entende as dificuldades que o município enfrenta na área da saúde, mas pede apoio. “Eu jamais propaguei excelência com esse cenário atual, mas a gente vem mesmo com todas essas dificuldades minimizar esses impactos, nós não podemos fazer milagres, precisamos de apoio”, frisou. Blog do Valente

About Tv News SAJ

Tecnologia do Blogger.