noticias

SAJ: internautas flagram carro da Câmara na praia e pegando filho de vereador na escola

 


A farra com os carros oficiais da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus não para, mais não para mesmo, sem contar com as polêmicas que envolvem os veículos e valores de combustível gastos pelo Poder Legislativo Municipal. Ouvimos falar sempre que ‘contra fatos não há argumentos’, pois bem internautas, neste último sábado (26), sábado de aleluia, um dos carros da Câmara Municipal foi fotografado em Mar Grande na Ilha de Itaparica por volta das 11 horas na Praça do Jaburu.
 
O automóvel foi bem fotografado para não deixar dúvidas e trata-se do carro de placa OZL-6373. Essa não é a primeira vez que este mesmo carro já foi visto na praia, a última vez foi em fevereiro deste ano, antes do carnaval, sempre é visto no trecho entre Santo Antônio de Jesus a Ilha. Tratando-se dele em Santo Antônio de Jesus, o mesmo já foi visto também sendo utilizado para assuntos pessoais. Em outra foto o carro aparece com uma mulher acompanhada de uma criança entrando no carro que estava parado em frente a uma escola particular da cidade.
 
Na foto podemos observar que a mulher trata-se de uma esposa de um parlamentar. Qual será a justificativa do vereador responsável por esse carro já que as fotos provam as farras. Outros carros da Câmara também não escapam de fatos parecidos como este flagrado em Mar Grande. Cabe agora o Ministério Público em Santo Antônio de Jesus instaurar um procedimento para investigar uma possível conduta de improbidade administrativa praticada por alguns vereadores do município. Um procedimento do MP, uma justificativa do vereador ou até mesmo do presidente da Câmara deve da uma resposta à população que quer saber o que um veículo estava fazendo na Ilha em pleno o final de semana. Tv News SAJ / Infosaj

Vereador fala sobre fotos do carro da Câmara Municipal, “Essa placa quem dirige sou eu e é importante analisar”
 
Fotos de um dos carros da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus sendo utilizado para fins particulares do vereador Hélio Silva, conhecido como Hélio da Saúde. Ao saber da denúncia, o vereador entrou em contato com a Rádio Andaiá FM e confirmou que o veículo realmente é da responsabilidade dele. “Essa placa quem dirige sou eu e é importante poder analisar. Sou pai de família, estou como vereador, por sinal hoje é minha última sessão ordinária, dia 31 passo meu cargo para Marco Có quem assume, Toda responsabilidade no carro, de revisão, multas a responsabilidade é da pessoa, do vereador”, disse.
 
Segundo ele, possui um carro particular e um caminhão, quando viaja, a esposa fica responsável por pegar as crianças na escola. “Quando estou viajando com meu caminhão, meu carro fica no fundo da prefeitura e eu disponibilizo a Secretaria de Saúde quando a demanda é grande. Hoje já fui pegar uma pessoa na Zona Rural para fazer exames, não tem dinheiro e ainda está adoentada. A gente tem feito trabalho social e vereador não tem motorista. Isso que acho errado, já que a câmara teve condições de comprar esses carros, é bom que a gente possa fazer um concurso público e contratar motoristas através do concurso”, salientou.
 
Ele enfatizou que a esposa pega os filhos com o carro dela. “Quando estou com o carro da Câmara e tá na hora de pegar meus filhos na escola, eu pego, isso não é nada demais, não mudo a rota, mas a partir de hoje vou evitar isso. Outro ponto a destacar é que terça-feira fui a Salvador levar pessoas para fazer ressonância magnética e tomografia, no sábado levei três pessoas na Ilha e fui por Mar Grande, isso deixo claro que não é a primeira vez que faço isso. Deixei meu carro ali em Mar Grande e atravessei, fui até a Ribeira e deixei a família que levei porque a pessoa não teve carro disponível, depois atravessei novamente e vim embora para Santo Antônio de Jesus”, explicou. Ele falou ainda que a médio de quilometragem é de 10km por mês, a média dele por mês é de 3.100 km. “O combustível que agente recebe dá para rodar em torno de 2 mil km, o restante o vereador arca com recursos do parlamento. Rodo para mim não, são para as pessoas, para resolver problemas delas. Vou à Salvador em torno de cinco a seis vezes por mês levar pessoas para fazer exames.
 
Tem vereador que vai quatro vezes a Salvador, isso é por obrigação? Não. É um direito a fazer”, pontuou.  Em resposta a fala de Edmundo Peixe do Observatório Social, Hélio disse que os vereadores não recebem diária. “A gente só recebe diária quando é representando o parlamento. Diária só recebe com comprovação, é feito uma solicitação explicando o que vai fazer lá e trazer a comprovação do que foi feito. Para levar pessoas para fazer exames não recebemos diária. Os vereadores têm ajudado as pessoas, seria bom que as pessoas ajudadas possam dizer quanto foram ajudadas pelos vereadores até mesmo para a comunidade sabe”, ressaltou. Blogdovalente


About Tv News SAJ

Tecnologia do Blogger.