Mortes

Justiça converte em preventiva prisão de guarda municipal suspeito de matar dançarino

A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do guarda municipal Naílton Adorno do Espírito Santo, suspeito de participar do assassinato do dançarino Marcelo Tosta dos Santos, 37 anos, durante uma festa no Coliseu do Forró, no último sábado (3). O pedido foi feito pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
 
O guarda, que segue custodiado no Hospital Geral do Estado (HGE), onde está internado após ter sido baleado na troca de tiros que culminou no homicídio de Marcelo, será encaminhado para o sistema prisional logo depois de receber alta. Na briga, foram efetuados os disparos que mataram a vítima.
 
"Ele continua relutante em passar o nome de quem estava com ele durante a briga e também participou do homicídio. Estamos utilizando ações de inteligência para identificar este outro indivíduo e capturá-lo", afirmou o diretor do DHPP, José Bezerra. De acordo com a polícia, Naílton, um homem ainda não identificado e Marcelo discutiram durante a festa e iniciaram uma luta corporal.

About Tv News SAJ

Tecnologia do Blogger.